A importância do discipulado um a um

1
O zombador não gosta de quem o corrige, nem procura a ajuda do sábio.
Pv 15:12, 
 
Assim como o ferro afia o ferro, o homem afia o seu companheiro.Pv 27:17,

 

Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”.
Mt 28:18-20
1.     Jesus nos chamou para sermos discípulos que fazem discípulos! Mt 28:18-20
Jesus priorizou seu ministério em fazer discípulos! Devemos fazer discípulos!
Fazer discípulos significa investir em sua vida em outras vidas!
Da mesma forma devemos tambem ser um discípulo! Devemos nos submeter a um discipulador!
2.     Ser um discípulo é um sinal de quebrantamento, sabedoria e obediência a Deus! Pv 15:12
Às vezes, acontece que um irmão mais antigo na fé de repente se encontra debaixo da cobertura espiritual (na hierarquia da Célula) de alguém bem menos experimentado, ou que até conhece menos da Palavra de Deus.
E aí? Normalmente a vontade de Deus é que este irmão (que é mais experimentado, etc.) se humilhe debaixo da soberania de Deus e seja discipulado pelo irmão menos experiente. Deus vai usar estes momentos para tratar profundamente com o ego de todos os dois, e ajudá-los a crescerem ainda mais.
Discipulador não é discípulo que escolhe, é Deus! Em outras palavras, você não tem o “direito” de escolher o seu discipulador. Você tem que humildemente esperar no Senhor e submeter-se a decisão d’Ele.
Seja quem for o discipulador que Deus colocar sobre você, é nossa responsabilidade se submeter alegremente, ser transparente, e humildemente receber ajuda.
3.     O discipulado profundo é uma oportunidade para sermos aperfeiçoados! Pv 27:17
a)    O discipulado profundo nos proporcionará crescimento!
É comprovada a eficácia do discipulado um a um! Ele se torna mais profundo, intenso, e específico.
No discipulado um a um, o discípulo sentirá mais liberdade para “se abrir” totalmente, e o discipulador sentirá mais liberdade de cavar profundamente sem constranger este discípulo na frente dos outros discípulos, como provavelmente poderia acontecer no discipulado em grupo.
O Dr. Carl Horton, que tem seu doutorado em “Crescimento de Igreja”, nos relatou os resultados surpreendentes de uma pesquisa realizada entre um grande número de líderes cristãos:
·        0% dos líderes foram produzidos pelo púlpito em reuniões públicas de ensino ou pregação.
·        0% dos líderes foram produzidos em classes estruturadas (escola dominical).
·        10% dos líderes foram gerados no discipulado em grupos pequenos.
·        90% dos líderes foram gerados através do discipulado um a um.
b)    O discipulado um a um de sucesso não deve ser feito de qualquer jeito!
·        As pessoas devem ser do mesmo sexo;
·        O discipulador deve ser super discreto e leal a seu discípulo em não expor suas confissões;
·        O discipulado deve acontecer PREFERENCIALMENTE entre pessoas da mesma célula;
·        Discipulado é uma ação de amor, que deseja o bem do outro, não uma relação de manipulação!
c)     O discipulado profundo é uma prevenção contra a queda e o fracasso!
“Tentação confessada é pecado não cometido!”
“Confesse a tentação para evitar o pecado!”
d)    O discipulado profundo trás cura para a nossa alma!
A confiança e a transparência trarão cura dentro do discipulado!
Lembre-se: O seu discipulador foi escolhido por Deus para ajudar você!!!
·        Seja transparente com o seu discipulador.
Você ficará maravilhado como Deus vai usar seu discipulador para ajudá-lo a vencer o pecado, crescer espiritualmente, ser um ganhador de almas, e ser também um bom discipulador.
“Confessai os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros para serdes curados” Tiago 5:16.
“O que encobre suas transgressões jamais prospera, mas o que as confessa e abandona alcançará misericórdia!” Pv 28:13
4.     O discipulado é claramente visto em toda a bíblia!
·        Moisés e Jetro
·        Moisés e Josué
·        Elias e Eliseu
·        Eliseu e Geazi
·        Jesus e os três
·        Jesus e João
·        Barnabé e Paulo – Atos 9.26-27; 13.1-3
·        Barnabé e João Marcos – Atos 13.13; 15.37-39; 2Tm 4.11.
·        Paulo e Timóteo – Atos 16.1-3; 2Tm 2.2
5.     Jesus nos manda fazer discípulos!
Se você já está sendo discipulado, é importante começar a orar e pedir a Deus acerca de quem você deverá discipular.
Quando você ganha alguém para Jesus, você tem que garantir que aquela pessoa seja bem discipulada. Normalmente, é você quem deve discipular aquele novo convertido.
Na visão MDA, traduzimos isto em um mínimo de três. Cremos que todo cristão deve ter um discipulador e no mínimo três discípulos.
Se você é recém-convertido (1 a 3 meses), podemos compreender que ainda não tenha discípulos. Mas comece a orar e buscar a Deus sobre esta área.
·        Comece a evangelizar seus amigos, colegas de trabalho e de aula, vizinhos, parentes, etc.
·        Ore muito pela conversão de toda a sua família.
·        A Bíblia garante que através da fé você pode ganhar toda a sua família para Jesus.

Na medida que você vai ganhando pessoas para Jesus logo você terá seus três discípulos ou até mais.

(Pastor Jeann Junior)
Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s